Apoio Contato Promoções Matérias Especiais Programação A Rádio Home


Andre Matos: cantor de Angra e Shaman, morre aos 47 anos

Postado em junho 9th, 2019 @ 13:14 | 42 views

Share |

Morreu neste sábado (8), em São Paulo, Andre Matos, fundador das bandas Viper, Angra e Shaman e um dos maiores vocalistas do metal brasileiro. A informação foi publicada pelas bandas em suas redes sociais e confirmada ao G1, por telefone, pelo baixista do Shaman Luís Mariutti e também pela assessoria da banda em sua página na internet.

“O destino nos uniu, nos separou, nos reuniu e agora pregou mais essa com a gente. É com profunda dor em nossos corações que nos despedimos do Andre mais uma vez, desta vez de forma definitiva”, diz o comunicado assinado pelos companheiros e equipe da banda Shaman, Hugo Mariutti, Luís Mariutti, Ricardo Confessori, Fábio Ribeiro e Rick Dallal.

A página do vocalista, pianista e maestro André Matos, fundador dos grupos Viper, Angra e Shaman, divulgou a causa da morte do artista: ataque cardíaco. Seu corpo será cremado neste domingo (9), sem a presença de fãs. Segundo a nota, Matos demonstrou em vida o desejo de não querer velório. “É com profundo pesar que confirmamos o falecimento do André esse sábado de manhã devido a uma parada cardíaca. Como muitos sabem, ele era uma pessoa extremamente reservada – e manifestou em vida, por mais de uma vez, o desejo de não ter um velório. Respeitando a sua vontade, ele será cremado hoje com a presença somente dos familiares. Agradecemos a todos pela compreensão e contamos com vocês para que a memória e o legado do André permaneçam vivos para sempre. Carry on”.

A carreira de André Matos começou nos anos 80, quando fundou o Viper em 8 de abril de 1985. Em 1991 formou o Angra, juntamente com o guitarrista Kiko Loureiro, hoje no Megadeth. Da união saíram três discos memoráveis (Angels Cry (1993), Holy Land (1996) e Fireworks (1998). Em 1994, participou do processo seletivo para a vaga de vocalista no Iron Maiden, após a saída de Bruce Dickinson. O posto ficou com Blaze Bayley. Após a saída do Angra, o cantor criou o Shaman, juntamente com alguns remanescentes do grupo, como Luis Mariutti e Ricardo Confessori. O projeto terminou e André Matos formou banda solo e se apresentou nos últimos anos relembrando álbuns lançados há vinte, trinta anos, como Theatre of Fate e Soldiers of Sunrise (Viper) e Angels Cry e Holy Land (Angra).

Deixe seu comentário


Os comentários são postados usando logins do FACEBOOK, HOTMAIL, AOL ou YAHOO