Apoio Contato Promoções Matérias Especiais Programação A Rádio Home


Black Sabbath: Iommi remixou e relançará ‘Forbidden’

Postado em maio 22nd, 2020 @ 14:14 | 30 views

Share |

O guitarrista Tony Iommi revelou, em entrevista a Eddie Trunk transcrita pelo Ultimate Guitar, que trabalhou em uma remixagem do álbum “Forbidden” (1995), o último com o vocalista Tony Martin. O músico também destacou que queria ter feito o mesmo com “Born Again” (1983), disco com Ian Gillan que gerou polêmica por não ter sido bem mixado, mas que não conseguiu porque algumas fitas originais sumiram.

Com relação à versão remixada de “Forbidden”, o guitarrista revelou: “Já está pronto, concluí há algum tempo, mas estou segurando porque coisas da fase de Ozzy (Osbourne, vocalista original) vão ser lançadas e eu não queria bombardear com tudo de uma vez”.

Iommi destacou que, nesta versão, “Forbidden” está soando bem melhor. “Não dá para mudar as músicas – até gostaria, mas não dá. Precisa sair da mesma forma como foi lançado originalmente. Tentamos apenas engrossar o som da bateria nessa remixagem”, afirmou.

Perguntado se escolheu “Forbidden” para ser remixado por sentir que esse álbum não foi bem-recebido na época de seu lançamento, o guitarrista respondeu: “Bem, eu só queria fazê-lo soar melhor, dentro de minha perspectiva pessoal. Adoraria ter feito isso com ‘Born Again’, mas não consegui, porque não achamos todas as fitas originais. Algumas se perderam e ninguém sabe onde estão”.

Eddie Trunk, então, destacou que “Born Again” não foi bem-recebido, especialmente na América, mas que as pessoas passaram a gostar do álbum com o passar dos anos. “É engraçado como isso acontece. Foi a mesma coisa com os discos com Tony Martin. Levou anos até que as pessoas falassem: ‘oh, sim, eu adoro’. Começou a pegar o pessoa. Tony fez coisas muito boas”, disse.

Vale destacar que quase nenhum trabalho do Black Sabbath com Tony Martin está disponível nas plataformas de streaming. Apenas “The Eternal Idol”, em seu recente relançamento em edição remasterizada, está em aplicativos como Spotify, Deezer, Apple Music e afins. “Forbidden” também pode chegar a esses apps com a nova versão que Tony Iommi produziu.

 

Deixe seu comentário


Os comentários são postados usando logins do FACEBOOK, HOTMAIL, AOL ou YAHOO