Apoio Contato Promoções Matérias Especiais Programação A Rádio Home


Metallica: mais detalhes sobre o novo disco

Postado em agosto 21st, 2016 @ 9:56 | 352 views

Share |

“Hardwired…To Self-Destruct”, novo álbum do Metallica, chega às lojas no dia 18 de novembro pela Blackened Recordings. O esperado décimo primeiro registro de estúdio da banda norte-americana de Thrash Metal será duplo, trazendo um total de doze faixas.

Já em pré-venda no site oficial do grupo, o material estará disponível em diversas configurações, incluindo CD (edição simples ou deluxe), vinil, formato digital e box set. A produção ficou a cargo de Greg Fidelman, que já havia trabalhado com o James Hetfield e cia. nos discos “Death Magnetic” (2008) e “Lulu” (2011), este último uma parceria entre a banda e Lou Reed.

O baterista Lars Ulrich falou sobre a nova música e sobre a sonoridade do álbum:

“Essa foi a última música que gravamos para o álbum. Nós começamos o trabalho nesse álbum jogando algumas ideias diferentes no ar. A forma do disco, como uma coleção de músicas, não veio a tona até realmente irmos profundamente nele. Com o tempo as músicas foram ficando mais concisas, mais curtas, em forma.

Alguns meses atrás nós estávamos sentados e pensamos que precisávamos de uma música que fosse rápida, mais louca, e isso se tornou Hardwired. É uma coisa que simplesmente aconteceu. Acho que o James escreveu e gravou em menos de uma semana o que para nós é basicamente um nanosegundo.”

Confira o tracklist:

Disco 1

01. Hardwired
02. Atlas, Rise!
03. Now That We’re Dead
04. Moth Into Flame
05. Am I Savage?
06. Halo On Fire

Disco 2

01. Confusion
02. Dream No More
03. ManUNkind
04. Here Comes Revenge
05. Murder One
06. Spit Out The Bone

Disc Three (Apenas na edição deluxe)

01. Lords Of Summer
02. Riff Charge (Riff Origins)
03. N.W.O.B.H.M. A.T.M. (Riff Origins)
04. Tin Shot (Riff Origins)
05. Plow (Riff Origins)
06. Sawblade (Riff Origins)
07. RIP (Riff Origins)
08. Lima (Riff Origins)
09. 91 (Riff Origins)
10. MTO (Riff Origins)
11. RL72 (Riff Origins)
12. Frankenstein (Riff Origins)
13. CHI (Riff Origins)
14. X Dust (Riff Origins)

Lars ainda disse que o álbum foi influenciado pelo relançamento do “Kill ‘Em All” que aconteceu neste ano: “Quando tocamos o “Kill ‘Em All” na íntegra eu percebi que ele é muito coeso. Ele é bem caraterístico com rapidez, mas é mais simples. As músicas são mais longas e não tão progressivas. É um mundo dele próprio. E acho que alguns elementos disso acabaram aparecendo no novo álbum. Eu diria que existe um resíduo da redescoberta do “Kill ‘Em All” que acabou aparecendo nas composições”.

Sobre ter falado que as músicas no “Hardwired… To Self Destruct” seriam menos frenéticas do que o “Death Magnetic”:

“A maioria das músicas é mais simples. Nós introduzimos um clima e continuamos nele ao invés de algumas que já fizemos que são um riff e daí vai para isso, e daí aquilo e se torna uma jornada com diferentes horizontes. As músicas nesse álbum são mais lineares. “Menos frenéticas” no sentido que há menos pausas e recomeços nas músicas. Ele flui mais que o último álbum”.

Deixe seu comentário


Os comentários são postados usando logins do FACEBOOK, HOTMAIL, AOL ou YAHOO