Apoio Contato Promoções Matérias Especiais Programação A Rádio Home
  • Ouça "Spillways" o novo single do Ghost com a participação de Joe Elliott aqui na SHOCK BOX!

Iron Maiden: fará 4 shows no Brasil em 2024, segundo fã clube do Chile

janeiro 9th, 2023 admin Posted in Notícias No Comments »

De acordo com informações do fã-clube Iron Maiden Chile que teriam sido obtidas de uma produtora de Santiago, o Iron Maiden fará quatro shows no Brasil no ano de 2024. As apresentações não foram confirmadas e a apuração abaixo deve ser tratada como rumor.

A página aponta que São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e outra cidade não informada receberiam apresentações da banda nos primeiros meses do ano que vem.  A mesma conta de fãs afirma que a próxima turnê “The Future Past” também passará pelo Chile, com três apresentações, sendo duas delas na Movistar Arena e outra  no Estádio Nacional.

Em outubro de 2022, o Maiden encerrou a segunda parte da turnê “Legacy of the Beast” e anunciou o novo giro “The Future Past”, que inicia em junho, na Polônia. O foco dos shows será no álbum mais recente, “Senjutsu” (2021), e no “Somewhere in Time” (1986), que apareceu pouco nos setlists em turnês posteriores à de divulgação. Até o momento, só há datas confirmadas na Europa.

O empresário Rod Smallwood publicou anteriormente um texto no site oficial do grupo onde mencionou o itinerário da excursão em 2023: “Voltaremos no próximo ano com um ótimo novo show, The Future Past Tour, tocando apenas na Europa desta vez, já que a turnê Legacy de 2022 foi tão longa para nos permitir ver o máximo de fãs possível no pós-pandemia. No entanto, ela continuará em 2024 e quem sabe para onde irá… então fiquem atentos!!”.

Share |

Novidades na programação: entrevistas com Andreas Geremia, Tony Martin e Steve Sylvester

janeiro 9th, 2023 admin Posted in Notícias No Comments »

Começando 2023 com uma nova série de “talks”, desta vez com grandes vocalistas, segunda (09) rola a conversa com Andreas Geremia, da lenda do Thrash Metal alemã Tankard que acabou de lançar o ótimo ‘Pavlov’s Dawgs, na quarta (11) um bate papo super especial com Tony Martin, ex-Black Sabbath, que fala sobre o seu novo álbum solo ‘Thorns’ e para fechar a semana, sexta 13, é a vez de trocar umas ideias com Steve Sylvester do assustador Death-SS.

Para quem não conseguir ouvir esta semana, na próxima, teremos as reprises nos mesmos dias da semana, sempre às 21 horas.

O Podcast Heavy Culture in SHOCK BOX, é uma parceria da rádio SHOCK BOX com o canal do Youtube Heavy Culture (link).

Em breve teremos mais novidades, a principal será o papo que rolo com Jeff “Mantas” Dunn que detonou seu ex-companheiro de banda, só ficar ligados nas redes socias da rádio, do Heavy Culture para saber as novidades.

Share |

Monsters of Rock 2023: terá edição em Manaus, antes de desembarcar em São Paulo

janeiro 7th, 2023 admin Posted in Notícias No Comments »

O festival Monsters of Rock está oficialmente de volta ao Brasil em 2023 e terá outro destino além de São Paulo! O evento terá uma edição em Manaus, capital amazonense, em abril, conforme anunciado pela produtora local Fábrica de Eventos.

Após sete anos sem novas edições no país, o Monsters of Rock já anunciou a edição em São Paulo, que acontecerá no Allianz Parque, em 23 de abril, com Scorpions e Kiss como headliners. Mas antes de desembarcar no Sudeste do país, o evento passará por Manaus pela primeira vez no dia 12 de abril de 2023.

Apesar de ainda não ter sido anunciada oficialmente nas redes sociais do Monsters of Rock ou Mercury Concerts, produtora responsável pelo festival no Brasil, a edição em Manaus já foi confirmada pela Fábrica de Eventos, produtora amazonense que já levou bandas como Scorpions e Guns N’ Roses para a capital do estado.

Além do anúncio feito nas redes da produtora, o jornalista José Norberto Flesch, conhecido por anunciar shows antes da confirmação oficial, também confirmou a realização do Monsters of Rock em Manaus e adiantou que a escalação do evento terá apenas uma parte das bandas confirmadas para São Paulo.

A informação está de acordo com um spoiler divulgado pela empresária Bete Dezembro, CEO da Fábrica de Eventos. Em conversa com o jornalista Natan Balieiro, ela contou que o evento terá três das atrações do Monsters of Rock. “Vai ser um festival, são três bandas no palco pela primeira vez. Se a gente já fazia show internacional, agora a gente vai fazer show internacional com três bandas no palco”, disse.

A única certeza do line-up até o momento parece ser o KISS. Segundo o jornal A Crítica, em outubro deste ano, a empresária compartilhou que o Kiss se apresentaria em Manaus para show na Arena da Amazônia, portanto este deve ser o local do Monsters of Rock na cidade.

Share |

Novidades na programação: entrevistas com Tom Warrior, Danny Vaughn, Ryan Waste e Vladimir Korg

dezembro 25th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

Para finalizar 2022 a SHOCK BOX trás uma série de entrevistas, logo na segunda feira (26) tem um super bate papo com a lenda do Metal Extremo, Tom Warrior, que fez história no Hellhammer e com o Celtic Frost e Triptykon, na terça (28) um convidado mais que especial: Danny Vaughn do Tyketto, banda de Hard Rock que lançou um dos melhores álbuns de Hard Rock do anos 90 ‘Don’t Come Easy’ e para fechar a semana uma conversa com Ryan Waste do Municipal Waste, banda de Thrash Metal que lançou este anos o excelente álbum ‘Electrified Brain’, sempre às 21 horas no Podcast Heavy Culture in SHOCK BOX, que é a parceria da rádio com o canal do Youtube Heavy Culture (link).

E estreando na terça feira (27) dentro no programa Brasil SHOCK BOX, o Podcast Heavy Chat com o tema “Hard anos 70 e as origens do Heavy Metal” com o convidado Vladimir Korg do The Mist e Chakal, falando sobre os primórdios do Heavy Metal. Com reprises na quinta feira (29) e no sábado (31), sempre às 15 horas.

Aproveitando, nós da SHOCK BOX gostaríamos de desejar um ótimo 2023 para todos os nossos ouvintes com muito Rock e boas histórias!

Fiquem bem!

Share |

Monsters of Rock 2023: anuncia line-up com Kiss, Scorpions, Deep Purple e mais

dezembro 17th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

Kiss, Scorpions, Deep Purple, Helloween, Saxon, Symphony X e Doro compõem o line-up do Monsters of Rock 2023. A organização do festival anunciou as atrações na manhã desta quarta-feira (14).

A passagem do Kiss pelo Brasil já havia sido antecipada pelo empresário da banda, Doc McGhee, em recente conversa com fãs no cruzeiro Kiss Kruise. Na ocasião, ele havia dito que a intenção era trazer o grupo, que está em sua turnê de despedida, para Manaus.

Por sua vez, o jornalista José Norberto Flesch antecipou na última terça-feira (13) que o Deep Purple viria especificamente ao Monsters. O grupo anunciou há alguns anos que estava prestes a se aposentar, mas tudo indica que os planos mudaram.

Como o Purple, o Scorpions também voltou atrás de sua aposentadoria. A banda alemã chegou a realizar uma turnê de despedida completa, mas desistiu e retomou atividades em seguida.

Marcado para acontecer no dia 22 de abril, no Allianz Parque, em São Paulo, o evento terá sua venda de ingressos iniciada na próxima sexta-feira (16), às 10h, no site Eventim (link) (com taxa de serviço) ou bilheterias físicas (sem taxa de serviço). Os valores de ingressos são:

Pista premium: R$ 1.180 / R$ 590 (meia)
Pista: R$ 680 / R$ 340 (meia)
Cadeira inferior: R$ 780 / R$ 390 (meia)
Cadeira superior: R$ 480 / R$ 240 (meia)
VIP backstage mirante: R$ 2.500 / R$ 1.910 (meia)
VIP lounge centenário: R$ 1.500 / R$ 1.100 (meia)

O que é VIP backstage mirante:

Esta área é para aqueles que procuram uma experiência mais premium:

  • Open Bar Open Food Premium.
  • Kit Monsters
  • Acesso exclusivo
  • Banheiros exclusivo
  • Loja de Merchandising exclusiva
  • After show até 2 horas após o término do Festival
  • Assistir o show na Pista Premium com acesso livre para o Backstage Mirante durante o festival (Obs. O Lounge Backstage Mirante, localizado no sexto andar do estádio, não possibilita visão direta do show).

Valores do VIP backstage mirante:

  • Ingresso Inteira: R$1.180,00 / Ingresso Meia: R$590,00
  • Mirante Backstage Pack: R$1.320,00
  • Valor Inteira: R$2.500,00 / Valor Meia: R$1.910,00

A taxa de serviço será cobrada apenas sobre o valor do ingresso.

O que é VIP lounge centenário:

Esta área é para aqueles que procuram uma experiência mais premium:

  • Assistir o show na Cadeira Inferior em local privilegiado com acesso livre para o Lounge Centenário
  • Open Bar Open Food Premium.
  • Acesso exclusivo
  • Banheiros exclusivo
  • Loja de Merchandising exclusiva
  • Lounge Centenário para descanso entre um show e outro

Valores VIP lounge centenário:

  • Ingresso Inteira: R$780,00 / Ingresso Meia: R$390,00
  • Lounge Centenário Pack: R$720,00 / Lounge Centenário Pack: R$720,00
  • Valor Inteira: R$1.500,00 / Valor Meia: R$1.100,00

A taxa de serviço será cobrada apenas sobre o valor do ingresso.

Mais informações no site oficial (link).

Share |

Heavy Culture: entrevistas serão veiculadas na programação da SHOCK BOX

dezembro 13th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

O canal do YouTube Heavy Culture (link) anuncia uma importante parceria com a SHOCK BOX, onde as entrevistas do canal serão veiculadas na programação da rádio, iniciando assim uma possibilidade a mais para os assinantes e ouvintes dos veículos.

Com relação à parceria firmada com o diretor geral da rádio, Julio Marcondes, destaca: “A inclusão de programas de entrevistas como o Heavy Culture é para incorporar novos conteúdos na programação, atingindo um público que busca conteúdo sério e de qualidade. Como o canal tem como foco levar informações para o espectador, e agora ouvinte, isso abre um leque de oportunidades que vão além da música em si”. O Heavy Culture, que surgiu durante a pandemia, tem realizado diversas entrevistas desde 2020, destacando a presença de Max Cavalera, Blaze Bayley, Mike Terrana, Tony Martin, Thor, Paul Di’Anno, Joey Vera, Fernanda Lira, Nicholas Barker, Tim “Ripper” Owens, Tom Gabriel Fischer e muito mais.

A primeira entrevista veiculada na SHOCK BOX foi a realizada com Eric Meyer, do Dark Angel, inserida na programação do dia 12 de dezembro. Nesta quarta, 14 de dezembro, vai ao ar o bate-papo com o ícone do Hard Rock Ron Keel, e na sexta, dia 16, a entrevista com o vocalista Attila, do Mayhem.

Na próxima semana, as entrevistas serão novamente veiculadas, nos mesmos dias da semana e no mesmo horário, às 21horas e em breve outras entrevistas entrarão na grade da programação.

Share |

Metallica: anuncia novo álbum “72 Seasons”, lança single e anuncia nova tour com dois shows por cidade e diferentes setlists

novembro 28th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

O Metallica anunciou detalhes de seu próximo álbum de estúdio. “72 Seasons”, seu 12º disco de inéditas, chegará em 14 de abril de 2023 através da própria gravadora da banda, Blackened Recordings.

A produção é assinada por Greg Fidelman junto do vocalista e guitarrista James Hetfield e do baterista Lars Ulrich. São ao todo 12 faixas, somando mais de 77 minutos de duração. É o primeiro material de estúdio desde “Hardwired… To Self-Destruct”, de 2016.

O primeiro single, “Lux Æterna”, foi divulgado nas plataformas digitais. Um videoclipe dirigido pro Tim Saccenti também está disponível.

Em nota, James Hetfield falou sobre a ideia por trás do título “72 Seasons”: “72 estações. Os primeiros 18 anos de nossas vidas que formam nosso verdadeiro ou falso eu. O conceito de que nossos pais nos disseram ‘quem somos’. Uma possível classificação ao redor que tipo de personalidade somos. Acho que a parte mais interessante disso é o estudo contínuo dessas crenças centrais e como isso afeta nossa percepção do mundo hoje. Grande parte de nossa experiência adulta é uma reencenação ou reação a essas experiências de infância. Prisioneiros de infância ou nos libertando das amarras que carregamos”.

Confira a tracklist do novo álbum:

72 Seasons
Shadows Follow
Screaming Suicide
Sleepwalk My Life Away
You Must Burn!
Lux Æterna
Crown Of Barbed Wire
Chasing Light
If Darkness Had A Son
Too Far Gone?
Room Of Mirrors
Inamorata

Além de anunciar o novo álbum, o Metallica também confirmou a turnê “M72”, sempre com dois shows em cada cidade por onde passa – e mudando o setlist e as atrações de abertura.

A “M72” traz a banda se apresentando duas vezes em cada cidade que visita, com 72 horas de diferença entre ambos os compromissos. Para cada noite, mudam o repertório e as atrações de abertura.

Também entre as novidades, estão um novo design de palco que traz o chamado snake pit para o centro e ingressos com desconto para fãs menores de 16 anos.

Parte dos lucros de cada ticket vendido no geral será destinado para a ONG dos músicos, a All Within My Hands, que combate a insegurança alimentar e presta auxílio em áreas de desastres naturais.

Veja, a seguir, a relação completa dos shows da “M72” World Tour já agendados:

Europa – primeira etapa:
Quinta-feira, 27 de abril de 2023 no Johan Cruijff Arena em Amsterdam.
Sábado, 29 de abril de 2023 no Johan Cruijff Arena em Amsterdam.
Quarta-feira, 17 de maio de 2023 no Stade de France em Paris
Sexta-feira, 19 de maio de 2023 no Stade de France em Paris
Sexta-feira, 26 de maio de 2023 no Volksparkstadion de Hamburgo
Domingo, 28 de maio de 2023 no Volksparkstadion de Hamburgo
Sexta-feira, 16 de junho de 2023 no Ullevi Stadium de Gotenburgo
Domingo, 18 de junho de 2023 no Ullevi Stadium de Gotenburgo

América do Norte – primeira etapa:
Sexta-feira, 4 de agosto de 2023 no MetLife Stadium de East Rutherford
Domingo, 6 de agosto de 2023 no MetLife Stadium de East Rutherford
Sexta-feira, 11 de agosto de 2023 no Stade Olympique de Montreal
Domingo, 13 de agosto de 2023 no Stade Olympique de Montreal
Sexta-feira, 18 de agosto de 2023 no AT&T Stadium de Arlington, TX
Domingo, 20 de agosto de 2023 no AT&T Stadium de Arlington, TX
Sexta-feira, 25 de agosto de 2023 no SoFi Stadium de Inglewood, CA
Domingo, 27 de agosto de 2023 no SoFi Stadium de Inglewood, CA
Sexta-feira, 1º de setembro de 2023 no State Farm Stadium de Glendale, AZ
Domingo, 3 de setembro de 2023 no State Farm Stadium de Glendale, AZ

América do Norte – segunda etapa:
Sexta-feira, 3 de novembro de 2023 no The Dome at America’s Center de St. Louis, MO
Domingo, 5 de novembro de 2023 no The Dome at America’s Center de St. Louis, MO
Sexta-feira, 10 de novembro de 2023 no Ford Field de Detroit, MI
Domingo, 12 de novembro de 2023 no Ford Field de Detroit, MI

Europa – segunda etapa:
Sexta-feira, 24 de maio de 2024 no Olympiastadion de Munique
Domingo, 26 de maio de 2024 no Olympiastadion de Munique
Sexta-feira, 7 de junho de 2024 no Olympic Stadium de Helsinki
Domingo, 9 de junho de 2024 no Olympic Stadium de Helsinki
Sexta-feira, 14 de junho de 2024 no Parken Stadium de Copenhagen
Domingo, 16 de junho de 2024 no Parken Stadium de Copenhagen
Sexta-feira, 5 de julho de 2024 no PGE Narodowy de Warsaw
Domingo, 7 de julho de 2024 no PGE Narodowy de Warsaw
Sexta-feira, 12 de julho de 2024 no Estadio Cívitas Metropolitano de Madrid
Domingo, 14 de julho de 2024 no Estadio Cívitas Metropolitano de Madrid

América do Norte – terceira etapa:
Sexta-feira, 2 de agosto de 2024 no Gillette Stadium de Foxborough, MA
Domingo, 4 de agosto de 2024 no Gillette Stadium de Foxborough, MA
Sexta-feira, 9 de agosto de 2024 no Soldier Field de Chicago
Domingo, 11 de agosto de 2024 no Soldier Field de Chicago
Sexta-feira, 16 de agosto de 2024 no US Bank Stadium de Minneapolis
Domingo, 18 de agosto de 2024 no US Bank Stadium de Minneapolis
Sexta-feira, 23 de agosto de 2024 no Commonwealth Stadium de Edmonton, AB
Domingo, 25 de agosto de 2024 no Commonwealth Stadium de Edmonton, AB
Sexta-feira, 30 de agosto de 2024 no Lumen Field de Seattle, WA
Domingo, 1º de setembro de 2024 no Lumen Field de Seattle, WA
Sexta-feira, 20 de setembro de 2024 no Foro Sol da Cidade do México
Domingo, 22 de setembro de 2024 no Foro Sol da Cidade do México
Sexta-feira, 27 de setembro de 2024 no Foro Sol da Cidade do México
Domingo, 29 de setembro de 2024 no Foro Sol da Cidade do México

Serão dois shows por cidade (quatro na Cidade do México), cada um com repertório diferente, com bandas de abertura também diferentes em cada show. Na Europa, a primeira noite contará com Architects e Mammoth WVH e a segunda noite com Five Finger Death Punch e Ice Nine Kills. Já na América do Norte a primeira noite contará com Pantera e Mammoth WVH, e a segunda com Five Finger Death Punch e Ice Nine Kills. O Volbeat substitui o Architects no primeiro show de Gotenburgo, e o Pantera será substituído pelo Greta Van Fleet nos shows do México.

Share |

Ghost: Tobias Forge tenta construir algo novo para próximo álbum

novembro 27th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

Tobias Forge ainda colhe os frutos do sucesso de “Impera”, álbum mais recente do Ghost. Recentemente, a banda superou Red Hot Chili Peppers, Coldplay, Imagine Dragons e Mchine Gun Kelly para faturar o American Music Awards na categoria Disco Preferido de Rock em votação popular.

Porém, como a mente por trás do grupo não deixa de trabalhar, ideias para um novo disco já estão borbulhando no caldeirão. A revelação foi feita durante entrevista ao canal da Rolling Stone na Twitch (transcrição via Blabbermouth): “Ainda não posso me comprometer com qualquer informação. Porém, já tenho muitos caminhos que gostaria de explorar em minha cabeça. Acho que nunca finalizei a produção de um disco sem pensar que gostaria de fazer algumas coisas de forma diferente no seguinte. É o mesmo processo que procuro fazer no aspecto visual da banda”.

O vocalista e multi-instrumentista também falou sobre como o ambiente pode afetar o resultado final: “Há muitos fatores práticos que influenciam. Se pegarmos discos históricos de outros artistas, é muito diferente gravar na sua cidade natal ou em uma ilha tropical. Não é questão de melhor ou pior, apenas diferente. Também há outros fatores, como as pessoas com quem você trabalha, como está se sentindo, se trabalha de dia ou à noite… É muita coisa envolvida”.

Share |

Steve Vai: anuncia o álbum “Vai/Gash”, gravado em 1991

novembro 14th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

Steve Vai confirmou o lançamento de um novo álbum, “Vai/Gash”, para 27 de janeiro via Favored Nations/Mascot Label Group – exceto a versão em LP, que sai dia 24 de fevereiro. O trabalho foi gravado originalmente em 1991, contando com a participação de Johnny “Gash” Sombrotto nos vocais.

Sobre a proposta do trabalho, o guitarrista explica em material promocional: “Por volta de 1990, fui tomado pelo desejo de arrancar o que eu achava que seria um tipo de disco de rock direto, que continha o tipo de música que eu gostaria de ouvir quando era aquele adolescente enraizado na cultura motociclista”.

O primeiro single, “In The Wind”, pode ser conferido no player abaixo. Vai explica a proposta da canção: “’In The Wind’ foi a primeira faixa que foi gravada para este disco. Ele captura o espírito da liberdade de estrada aberta que sentimos ao pilotar nossa Harley em ralis de bicicleta e viagens interestaduais. A faixa tem a alegria de ter esse tipo de poder sobre você enquanto beija o vento”.

O ponto mais importante do resgate da obra está na história do cantor. Steve conta: “John nasceu no Queens, em Nova York. Quando jovem, era um ávido entusiasta de motocicletas. Em 1977, aos 21 anos, sofreu um grave acidente que fez com que seu corpo pegasse fogo ao mergulhar 30 pés em uma cerca de arame farpado. Os médicos disseram à sua família que ele tinha queimaduras de terceiro grau em mais de 60% de seu corpo e que, se sobrevivesse, havia uma forte possibilidade de que perdesse o braço direito e a perna esquerda. Enquanto estava na Unidade de Queimaduras, sofreu dores excruciantes, especialmente quando dado o intenso ciclo diário de banhos quentes para suas feridas. Ele seguiu em frente e, depois de um mês, finalmente recebeu alta do hospital. Por sorte, nenhum membro foi amputado. Ficou, no entanto, com uma orelha esquerda parcial e camadas de enxertos de pele no pescoço, braços, pernas e peito inteiro. As histórias que contou sobre sua recuperação e a dor excruciante envolvida foram esmagadoramente dolorosas. Mas ele sobreviveu e, eventualmente, prosperou novamente. Foi para Los Angeles em 1982 e voltou direto para sua motocicleta”.

Os dois se conheceram através de um amigo em comum, Mark Cimino. A figura despertou a atenção de Vai desde o primeiro contato: “Observava as pessoas interagindo com ele em nossas inúmeras viagens de moto e outras aventuras. À primeira vista, muitos poderiam ser levadas por sua careca, cicatrizes no pescoço e orelha queimada. Olhando como estava e pilotando uma Harley, era fácil supor que talvez fosse um motociclista durão e ameaçador com uma atitude nefasta. Mas depois de se envolver com ele por um minuto, seu charme e carisma magnético os faziam rir e desfrutar completamente sua presença edificante. Ele cativava com sua inteligência, calor e brilho. John se deu bem instantaneamente com as pessoas mais improváveis de todas as idades, cores, tamanhos, convicções políticas ou sexuais. Ele não era superficial e nunca julgava as pessoas. Isso permitia que sua personalidade envolvente e charme inebriante atraíssem você. Sob todas aquelas cicatrizes havia um coração corajoso e destemido que pode ser visto em seus olhos azuis suaves e desarmantes”.

Foi assim que a amizade logo se transformou em uma parceria musical: “Algo em mim queria levá-lo ao estúdio e ver como ele cantaria essas músicas tipo motociclista que eu tinha em demos, mas nada poderia ter me preparado para a voz que saiu de sua boca. Eu tive que pensar, claro que ele soa assim porque é ele, confiante, autêntico, destemido, mas com uma intenção alegre. Esta era a voz que eu queria ouvir lamentando sobre essas faixas de rock. Fiquei atordoado. Naquela época, eu também estava começando a trabalhar em ‘Sex and Religion’ e esperava gravar mais do que as 8 músicas que eu havia preparado com John para um projeto alternativo. Mas isso se provou impossível. Em 7 de setembro de 1998, dois dias depois que meu pai faleceu, o telefone tocou e era a amada namorada de John, Nancy. Sua voz estava trêmula, e de alguma forma eu sabia o que ela ia me dizer. ‘John sofreu um acidente e morreu’”.

Agora, mais de 30 anos depois dos registros, as canções finalmente chegarão ao público. Steve Vai vê a situação como uma missão cumprida: “John com certeza seria o maior vocalista de rock que você gostaria de conhecer. Todos os elementos estavam no lugar, mas ele se foi. Desanimado, coloquei o projeto inteiro na gaveta e o ouvia pelo menos uma vez por ano nos últimos 30 anos, especialmente no aniversário de sua morte. Então, recentemente, algo me obrigou a querer lançá-lo agora. Eu gostaria que você tivesse a chance de conhecer John. Acredito que você o teria amado assim como todos nós o amávamos. Por enquanto, ele está ‘In the Wind’”.

Share |

Dan McCafferty: ex-vocalista do Nazareth, morre aos 76 anos

novembro 8th, 2022 admin Posted in Notícias No Comments »

Morreu na manhã desta terça-feira (8), aos 76 anos, o vocalista Dan McCafferty. Ele foi integrante do Nazareth desde a fundação da banda até 2013, quando se afastou por problemas de saúde. A causa do falecimento não foi informada.

A informação foi confirmada pela própria banda nas redes sociais. O texto, assinado pelo baixista Pete Agnew, diz: “Dan morreu às 12h40 (horário local) de hoje. É o anúncio mais triste que já tive que fazer. Maryann e sua família perderam um incrivelmente amável marido e pai, eu perdi meu melhor amigo e o mundo perdeu um dos maiores cantores que já viveram. Estou muito triste para dizer algo mais no momento”.

Nascido em Dunfermline, na Escócia, McCafferty esteve no Nazareth durante a maior parte da existência da banda. Influenciado por artistas como Little Richard e Elvis Presley, ele fundou em 1968 o grupo, um dos maiores importantes e influentes do hard rock, ao lado de Agnew, do guitarrista Manny Charlton e do baterista Darrell Sweet. Eles tocavam juntos em um grupo semiprofissional chamado The Shadettes.

O trabalho mais famoso do Nazareth é “Hair of the Dog”, álbum lançado em 1975. Vendeu mais de um milhão de cópias nos Estados Unidos, no embalo de hits como “Love Hurts” (original do The Everly Brothers) e a faixa-título.

Apesar disso, a discografia do grupo é extensa e conta com 25 trabalhos de estúdio lançados até o momento – 23 deles com Dan, sendo “Rock ‘n’ Roll Telephone” (2014) o último. Além do já mencionado “Hair of the Dog”, há de se destacar álbuns como “Razamanaz” (1973), “Loud ‘n’ Proud” (1973), “Rampant” (1974), “Close Enough for Rock ‘n’ Roll” (1976) e “Play’n the Game” (1977).

Todos os trabalhos divulgados pelo Nazareth entre 1973 e 1981 receberam certificação de ouro ou platina no Canadá, por terem ultrapassado 50 mil ou 100 mil cópias vendidas, respectivamente. Por lá, a coletânea “Greatest Hits” (1975) ainda conquistou platina dupla pelas 200 mil unidades comercializadas. No Reino Unido, embora nunca tenham obtido tais certificações, emplacaram três álbuns no top 15 das paradas: “Razamanaz” (1973), “Loud ‘n’ Proud” (1973) e “Rampant” (1974).

Em 2013, McCafferty aposentou-se da função de vocalista em função de problemas de saúde. Ele havia sido diagnosticado com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), condição também chamada de enfisema ou bronquite crônica, que afetava sua performance diante do microfone. Sua vaga foi ocupada temporariamente por Linton Osborne até Carl Sentance assumir o posto, em definitivo, no ano de 2015.

Em entrevista a Martin Popoff, no ano de 2014, o artista disse que conseguia lidar com o problema de saúde em seus anos finais com o grupo, mas sentiu dificuldades ao gravar o álbum “Rock ‘n’ Roll Telephone”: “Eu fui e fiz o que foi necessário, depois fui para os Estados Unidos e acabei parando no hospital em função de uma úlcera, que é algo completamente diferente. Pareceu que eu estava desmoronando. Aí, pelo fato de eu ter perdido muito sangue, obviamente não me encontrava muito bem. Consegui fazer quatro shows no Canadá e aí tive que parar. Não me encontrava em condições de cantar. Depois disso fomos para casa terminar o álbum. Demos um tempo e fomos tocar na Suíça, e eu simplesmente não podia respirar após a terceira música. Foi quando decidi que era hora de parar. Com tristeza, devo dizer”.

Mesmo retirado da área, lançou um álbum solo, “Last Testament”, em 2019. Este foi o terceiro disco de Dan sem banda, sucedendo “Dan McCafferty” (1975) e “Into the Ring” (1987).

Share |