Apoio Contato Promoções Matérias Especiais Programação A Rádio Home
  • Ouça o novo álbum do Behemoth "In Absentia Dei" aqui na SHOCK BOX!

Kiss: transmitirá show ao vivo no Réveillon diretamente de Dubai

novembro 29th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O Kiss anunciou que irá transmitir um show ao vivo no último dia de 2020, celebrando o Réveillon. A livestream foi intitulada ‘Kiss 2020 Goodbye’ e será exibida pela internet diretamente de um resort de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Como habitual, a banda promete uma grande estrutura para o evento online. Serão disponibilizadas 50 câmeras e opções de visualização em 360°, além de toda a produção convencional de um show do Kiss.

Não foram anunciados detalhes relacionados a repertório, mas imagina-se que as músicas serão as mesmas do show ‘End of the Road’, que compõe a segunda turnê de despedida do Kiss. A banda pretendia se aposentar em 2021, mas os planos, que incluíam uma passagem pelo Brasil, foram adiados devido à pandemia.

Os ingressos para a transmissão estão disponíveis no hotsite do projeto. Os valores variam entre US$ 49,99 (cerca de R$ 268, na cotação atual e em transação direta) e US$ 249,99 (aproximadamente R$ 1,3 mil, sob as mesmas condições), a depender do pacote adquirido.

A exibição para o público do Brasil está marcada para 14h (horário de Brasília) do dia 31 de dezembro.

Share |

Metallica: turnê pela América do Sul oficialmente adiada

novembro 11th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O Metallica confirmou que os shows da banda na América do Sul que aconteceriam em Dezembro foram adiados novamente. Confira a nota abaixo.

“É com o coração apertado que estamos novamente nesta situação, sete meses depois, para anunciar que as datas da nossa turnê na América do Sul, marcadas para dezembro deste ano, estão mais uma vez sendo adiadas por conta da pandemia da Covid-19. Estamos trabalhando em estreita colaboração com nossos parceiros promotores locais para reprogramar esses shows, esperançosamente no final de 2021 e teremos uma atualização para vocês em breve.

Guarde seus ingressos, pois eles serão válidos para as novas datas.

Desejamos a vocês, suas famílias e entes queridos saúde durante estes tempos difíceis. Mal podemos esperar para passar um tempo pessoalmente com nossa extensa família Metallica quando for seguro estarmos todos juntos novamente!”.

Os ingressos já comprados não terão reembolso por conta de uma lei federal que permite que as produtoras remarquem eventos sem a obrigação da devolução de dinheiro em tempos de pandemia.

Share |

Savatage: Jon Oliva tem criado músicas novas e banda sempre conversa sobre volta

novembro 10th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O guitarrista Al Pitrelli empolgou os fãs de Savatage em entrevista ao site TrueMetal.it. O músico destacou que o líder da banda, Jon Oliva, está sempre trabalhando em músicas inéditas e que o grupo sempre conversa sobre retomar as atividades.

O Savatage entrou em hiato oficial no ano de 2002, tendo se reunido, de forma temporária, para um show no festival Wacken em 2015. Desde então, o grupo não se juntou mais.

Todavia, Al Pitrelli comentou nesta nova entrevista: “Jon Oliva é um músico fantástico e sempre está trabalhando em músicas novas, enviando constantemente para mim músicas e ideias novas. Quando trabalhamos para o projeto Trans-Siberian Orchestra, nos juntamos no piano e ele mostra as ideias para o Savatage. Sempre falamos sobre fazermos algo juntos”.

O músico destacou que gostaria “mais do que nunca” de reunir o Savatage para voltar a fazer turnês. “Sei que nossa base de fãs na Europa adoraria e seria legal poder fazer isso. Conversamos muito sobre isso e acho que acontecerá algum dia, pois o mundo muda em um momento e eu não quero o arrependimento de dizer no futuro: ‘deveríamos ter feito quando poderíamos'”, afirmou.

Pitrelli ainda apontou: “Vamos tentar viver a vida ao máximo e não esperar para fazer algo. Mal posso esperar por esse dia. Não tenho uma data ou um plano, apenas sei que todos queremos isso demais”.

Embora tenha se mostrado empolgado, o guitarrista deixou claro que não há nenhum plano avançado sobre uma reunião do Savatage. “Somos apenas alguns amigos dizendo que seria legal voltar e pegar uma turnê. Até pouco tempo atrás, falávamos que iríamos terminar nossa turnê (do Trans-Siberian Orchestra) e já começar outra, ou gravar um álbum, pois é um trabalho de tempo integral para manter tudo funcionando. No meio disso, falávamos sobre fazer uma turnê (com o Savatage) em um verão na Europa”, disse.

No fim de 2019, em entrevista ao J Rocks Metal Zone, o vocalista Zak Stevens revelou qual é a situação atual do Savatage. Ele deixou no ar a possibilidade de uma reunião, já que, na época do show no Wacken, falava-se sobre mais apresentações.

“A resposta que obtenho do Savatage é a mesma que dou sobre o Circle II Circle: ‘sabe, nunca acabou, mas precisamos decidir o que fazer e a resposta virá’. Quando vier uma situação correta, é quando acho que as coisas vão acontecer”, disse.

Zak Stevens também pontuou que o legado do Savatage está sendo mantido vivo com o Trans-Siberian Orchestra. “Gosto do fato do TSO ter tido cinco músicas do Savatage na última parte do repertório ao longo deste ano, então, algo está se formando. Não tenho mais respostas, mas alguma coisa parece estar rolando”, afirmou.

Share |

AC/DC: Brian Johnson conta como foi teste para voltar à banda

novembro 9th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O vocalista Brian Johnson revelou, em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo”, como foi realizado o teste para retornar ao AC/DC alguns anos depois de ser diagnosticado com uma grave perda auditiva. O cantor chegou a ser afastado de parte da turnê do álbum “Rock or Bust”, entre 2015 e 2016, para tratar do problema, sendo substituído por Axl Rose, do Guns N’ Roses.

O texto da “Folha” aponta que o cientista Stephen Ambrose, especialista em audição, visitava Brian Johnson uma vez a cada três ou quatro meses para mostrar o desenvolvimento de um tímpano prostético. O aparelho permitiu que Johnson pudesse ouvir novamente.

Recuperado, o vocalista participou das gravações do novo álbum do AC/DC, “Power Up”, que será lançado nesta sexta-feira (13). Porém, o grande teste para assegurar o retorno dele à banda aconteceu durante a gravação do videoclipe de “Shot in the Dark”, na Holanda.

O cenário montado para o clipe trazia a mesma estrutura de amplificadores usados nos shows do AC/DC. Antes do clipe em si, eles tocaram juntos a música “Back in Black”. Foi quando Brian Johnson revelou ter “mergulhado com prazer na faixa e se sentido com 25 anos”.

“Angus (Young, guitarrista) disse: ‘devemos começar mais quietos?’. E eu disse não, vamos para a batalha, isso é uma guerra. Se eu não puder fazer desta forma, eu devo simplesmente parar”, afirmou.

Ainda durante o bate-papo, Brian Johnson revelou que o baixista Cliff Williams também sofria de perda auditiva. O músico pediu para que Stephen Ambrose desenvolvesse um tímpano prostético para ele.

Share |

System Of A Down: lança duas músicas após 15 anos

novembro 9th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O System of a Down surpreendeu o mundo ao lançar, de surpresa, duas músicas inéditas nas plataformas digitais. As faixas, intituladas “Protect the Land” e “Genocidal Humanoidz”, conscientizam sobre os ataques do Azerbaidjão contra a Armênia e arrecadam fundos para instituições que auxiliam afetados pelo conflito.

Em press-release enviado aos veículos de comunicação, a banda aponta o baterista John Dolmayan como o responsável pelo “pontapé inicial” que culminou nas duas músicas: “Eu mandei uma mensagem para eles dizendo: não importa como nos sentimos uns pelos outros, não importa quais questões do passado permaneçam, precisamos colocar tudo de lado porque isso é maior do que System of a Down e maior do que todos nós. Precisamos fazer algo para apoiar nosso povo”, afirmou o próprio Dolmayan no texto.

“Protect the Land” e “Genocidal Humanoidz” são as primeiras músicas inéditas do System of a Down em 15 anos. A banda não lançava faixas novas desde o álbum “Hypnotize”, divulgado no fim de 2005.

A primeira faixa citada foi criada pelo guitarrista Daron Malakian, para seu outro projeto, o Scars on Broadway. Já a segunda foi concebida por Malakian, Dolmayan e o baixista Shavo Odadjian, há 3 ou 4 anos, em uma tentativa de reunião criativa do System of a Down. O projeto não deu certo na época porque o vocalista Serj Tankian não queria trabalhar em material com o grupo naquele período.

Ainda em sua nota, o System of a Down afirmou que os fãs podem ouvir as canções em suas plataformas prediletas, mas encorajou a todos que façam o download pago das faixas, por meio do Bandcamp oficial deles, pois a renda será destinada ao Armenia Fund.

Share |

Wacken Open Air: novas bandas anunciadas para a edição de 2021

novembro 2nd, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

A organização do Wacken Open Air anunciou neste sábado (31/10), através de seu site e redes sociais, onze novas atrações que se apresentarão na edição de 2021, a ter parte nos dias 29, 30 e 31 de julho.

Os grupos em questão são Limp Bizkit, Hypocrisy (show em comemoração aos 30 anos), Static-X, Doyle (ex-Misfits), Alligatoah, Belzebubs, The Other, Insomnium, Mister Misery, Therapy? e Winterstorm. Eles se juntarão à outras bandas previamente confirmadas, como Slipknot, Judas Priest, Dropkick Murphys e In Extremo.

Considerado a “Meca do metal”, por atrair diversos amantes do gênero de todo o mundo, o festival realizado na Alemanha teve a edição de 2020 cancelada em razão da pandemia da Covid-19. Grande parte das bandas que estavam confirmadas para este ano garantiram presença no evento em 2021. Os ingressos já estão esgotados.

Share |

Soilwork: banda anuncia EP para dezembro

outubro 25th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O Soilwork lançou nesta sexta-feira (23 de outubro) o vídeo oficial de seu mais novo single, “The Nothingness And The Devil”. A música é faixa de “A Whisp Of The Atlantic”, próximo EP da banda sueca, que será lançado no dia 4 de dezembro. O lançamento apresenta duas músicas inéditas e outras três que já haviam sido lançadas anteriormente, como partes da trilogia “Feverish”.

De acordo com press-release publicado no site da gravadora Nuclear Blast, “A Whisp Of The Atlantic”, talvez seja a música mais pretensiosa e progressiva já lançada pelo Soilwork. A letra da faixa que dá nome ao próximo EP da banda fala sobre alienação.

“A Whisp Of The Atlantic”
“Feverish”
“Desperado”
“Death Diviner”
“The Nothingness And The Devil”

O lançamento mais recente do Soilwork foi o single “Death Diviner”, lançado em maio deste ano. A música fechou a trilogia “Feverish”, que havia sido iniciada no final de 2019. Atualmente, a formação da banda conta com Bjorn “Speed” Strid (vocal), David Andersson e Sylvain Coudret (guitarras), Sven Karlsson (teclado) e Bastian Thusgaard (bateria). O baixista Rasmus Ehrnborn toca nas apresentações ao vivo desde 2019.

Share |

Greta Van Fleet: novas músicas soarão menos Led e terão mensagens políticas

outubro 24th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O Greta Van Fleet surpreendeu ao divulgar, há algumas semanas, a nova música “My Way, Soon”, que traz uma sonoridade menos influenciada pelo Led Zeppelin. Em entrevista à “Kerrang!”, o vocalista Josh Kiszka comentou que a banda tem outras faixas inéditas gravadas, com referências musicais diferentes e letras mais políticas.

Inicialmente, Josh Kiszka comentou que “certamente ocorreram mudanças” na sonoridade do Greta Van Fleet atual em comparação ao EP “From the Fires” (2017) e ao álbum “Anthem of the Peaceful Army” (2018). “Porém, estando envolvido no processo, é difícil ter uma grande perspectiva sobre isso. Evoluímos? Sim, todos evoluímos todos os dias e tentamos nos desafiar diariamente. Não só musicalmente, mas filosófica e espiritualmente”, afirmou.

Em seguida, o cantor deixa claro que a banda tem adotado novas influências. “Eu diria que haverá uma grande reação sobre isso, pois será um pouco diferente daquilo que fizemos no passado, mas não falarei muito sobre isso agora. Quero que as pessoas tenham suas próprias opiniões”, disse.

Apesar de “My Way, Soon” ser descrita como “uma saudação ao amor do Greta Van Fleet por estar na estrada”, algumas das novas músicas da banda terão mensagens políticas mais claras. Os integrantes chegaram a participar de manifestações do movimento Black Lives Matter há alguns meses.

“Certamente há política em boa parte do nosso trabalho. Não dá para viver os eventos atuais sem considerar as repercussões. É nossa responsabilidade, enquanto seres humanos, refletir sobre os problemas do mundo. Há uma boa quantidade disso, aqui e ali, nas músicas novas, mas deixei aberto o suficiente para que as pessoas interpretem do jeito delas. Entretanto, tudo está bem presente”, afirmou.

Por fim, Josh Kiszka revelou acreditar que estamos entrando em “uma nova era”, onde “mais jovens estão envolvidos” com a mudança do mundo. “É uma mudança de geração e acho isso fascinante. Vejo muitas pessoas em nossos shows que são inteligentes e querem propor desafios a elas mesmas. Acho que isso se reflete na nova música, que tem uma coisa meio ‘carpe diem'”, concluiu.

Share |

AC/DC: com problema de saúde, Cliff Williams fará poucos shows da Power Up Tour

outubro 24th, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O baixista Cliff Williams, do AC/DC, voltou a falar sobre seus problemas de saúde. Desta vez, em entrevista ao podcast “Let There Be Talk”, o músico disse que se comprometeu a fazer poucos shows da turnê do próximo álbum, “Power Up”, devido a sua condição atual.

Williams não deixou claro qual o seu problema de saúde – ele, inclusive, disse que não queria incomodar o entrevistador falando sobre a situação. Entretanto, ele reforçou que o sente desde a turnê anterior, do álbum “Rock or Bust” (2014), que ele havia anunciado que seria a sua última.

O músico revelou, ainda, que planejava se aposentar do AC/DC antes mesmo do vocalista Brian Johnson ter sido afastado da turnê, com problemas auditivos. “Foi antes disso. Falei com Angus (Young, guitarrista) sobre isso inicialmente. No começo da turnê ‘Rock or Bust’, eu sentia que era hora de parar. Não queria mais fazer turnês de 2 anos, nem queria segurar a banda, então, falei que seria a minha última turnê. Foi difícil de completar aquela tour”, afirmou, conforme transcrito pelo Blabbermouth.

Cliff Williams fez questão de agradecer ao vocalista Axl Rose, que assumiu a vaga de Brian Johnson no meio da turnê. “Deus abençoe Axl por chegar e nos ajudar a terminar. Ele fez um ótimo trabalho. No fim da turnê, era aquilo para mim. Havia acabado. Isso complicou a coisa toda”, disse.

O retorno do baixista se deu nas gravações de “Power Up” porque ele via como um tributo a Malcolm Young, guitarrista afastado em 2014 e falecido em 2017. “Se ‘Back in Black’ (álbum de 1980) tinha Bon Scott (vocalista morto em 1980) em todas as músicas, para mim, ‘Power Up’ tem Malcolm Young. Isso foi para ele. E é a banda com a qual tocamos juntos há mais de 40 anos. Eu queria voltar para fazer isso”, afirmou.

Apesar disso, Cliff Williams não pretende fazer uma longa turnê para o novo álbum. “Fizemos ensaios antes dessa coisa do Covid aparecer e foram ótimos. A banda estava tocando muito bem. Perguntaram se eu queria fazer alguns shows e eu concordei. Alguns shows. Planejávamos fazer isso. Todos foram para a casa e, bang, estamos aqui desde então”, apontou.

Por fim, o baixista reforçou que se comprometeu a fazer apenas alguns shows com o AC/DC para promover “Power Up”. “Para a minha saúde, tanto física quanto mental. Tenho alguns problemas físicos, que não quero te incomodar com os detalhes. Mas, sim, é difícil. Sou muito grato, tem sido fantástico, mas não quero mais fazer isso”, afirmou.

Em entrevista anterior, à “Rolling Stone”, Cliff havia mencionado o problema de saúde. Sem dar mais detalhes, o músico apenas contou sobre as vertigens que sentia na turnê.

“Para ser franco, não foi uma turnê fácil de se concluir. Tive alguns problemas de saúde sobre os quais não irei te aborrecer com os detalhes. Porém, tive coisas acontecendo na estrada, vertigem terrível. Achei que estava na minha hora”, declarou, na ocasião.

Share |

Ozzy Osbourne: turnê com Judas Priest é remarcada para 2022

outubro 22nd, 2020 admin Posted in Notícias No Comments »

O vocalista Ozzy Osbourne anunciou, novamente, a remarcação de suas datas da etapa europeia de sua segunda turnê de despedida, “No More Tours 2”. O vocalista excursionará pelo velho continente com o Judas Priest na abertura entre janeiro e março de 2022.

Em nota, Ozzy explica que a turnê, já adiada outras vezes devido a seus problemas de saúde, foi repassada deste mês de outubro – inviabilizado por conta da pandemia – para o início de 2022. Além dos locais que já estavam marcados, o Madman acrescentou uma data nova, na Hungria, em 2 de fevereiro.

“Eu realmente quero agradecer aos meus fãs pela lealdade e por me esperarem. Acredite em mim: mal posso esperar para que eu possa ver todos vocês de novo. Por favor, fique seguro nestes tempos incertos. Deus abençoe todos vocês! Com amor, Ozzy”, afirmou o vocalista, em nota.

Confira as novas datas:

26 de janeiro – Alemanha, Berlim – Mercedes Benz Arena
28 de janeiro – República Tcheca, Praga – O2 Arena
31 de janeiro – Suíça, Zurique – Hallenstadion
02 de fevereiro – Hungria, Budapeste – Budapest Arena (data nova, sem o Judas Priest)
05 de fevereiro – Espanha, Madri – WiZink Center
08 de fevereiro – Itália, Bologna – Unipol Arena
11 de fevereiro – Alemanha, Mannheim – SAP Arena
14 de fevereiro – Alemanha, Hamburgo – Barclaycard Arena
17 de fevereiro – Finlândia, Helsinki – Hartwall Arena
19 de fevereiro – Suécia, Estocolmo – Friends Arena
21 de fevereiro – Alemanha, Dortmund – Westfalenhalle
24 de fevereiro – Alemanha, Munich – Olympiahalle
27 de fevereiro – Reino Unido, Nottingham – Moorpoint Arena
01 de março – Irlanda, Dublin – 3Arena
04 de março – Reino Unido, Birmingham – Resorts World Arena
07 de março – Reino Unido, Londres – The O2
09 de março – Reino Unido, Manchester – AO Arena
12 de março – Reino Unido, Newcastle – Utilita Arena
14 de março – Reino Unido, Glasgow – The SSE Hydro

Share |